DESTAQUES


LAUDECIR E LAUDENIR SEGUEM OS PASSOS DO PAI LEONEL

Amigo amante da música sertaneja hoje vou compartilhar um artigo escrito pelo jornalista Matheus Orlando, publicado recentemente pelo jornal Comércio de Jahu. É sobre uma dupla sertaneja de Bariri denominada “Laudecir e Laudenir”, filhos de Leonel, da dupla Leôncio e Leonel.

Começou de maneira despretensiosa, mas tomou proporção inesperada e pode trazer ainda mais resultados. Após vídeo atingir milhares de visualizações no Facebook, a dupla de música sertaneja de raiz Laudecir e Laudenir, de Bariri, comemora o sucesso repentino e faz planos de resgatar a carreira.

Laudecir, 50 anos, e Laudenir, 46 anos, são filhos de Leonel, músico sertanejo que fez parceria de décadas com o irmão Leôncio. 

Lêoncio e Leonel são do bairro Setecentos, em Itaju, que na época era distrito de Bariri. Eles formaram uma das duplas de sertanejo raiz mais famosas do Brasil. 

Estouraram em meados da década de 1950 e, com a música “Casinha de Aço”, seu maior sucesso, chegaram a ultrapassar Tonico e Tinoco em vendas. Outras gravações de destaque foram “Pitoco”, “Cacho de Uva”, “Boi Fumaça”, entre outras.

Gravaram 33 LPs, além de compactos e CDs. Interromperam a trajetória nos anos 1970 em função das exigências das gravadoras, que pediam material mais romântico e outras mudanças de estilo para atender o mercado. Leôncio e Leonel não aceitaram, e resolveram se afastar, mas retomaram a carreira nos anos 1980 e prosseguiram até 2002, quando Leôncio morreu. Leonel faleceu em 2013, aos 78 anos. A praça central de Bariri tem estátuas de Leôncio e Leonel.

Laudecir e Laudenir, por sua vez, sempre tiveram contato com música. Acompanharam os passos do pai e do tio pelo País, e sempre fizeram suas próprias apresentações, enfocando canções de uma outra linha do sertanejo, como Chitãozinho e Xororó e Zezé di Camargo e Luciano.

Após a morte do pai, Laudecir e Laudenir deram uma pausa na carreira artística. Até que, no fim do ano passado, Laudenir propôs a volta dos ensaios, e a os irmãos resolveram focar no sertanejo de raiz, para relembrar e homenagear o pai e o tio. Fizeram um vídeo em que cantam “Prego Velho”, eternizada por Leôncio e Leonel, e postaram no Facebook.

“Para nossa surpresa, em dois dias o vídeo já tinha mais de 20 mil visualizações. Muita gente, incluindo fãs do pai e do tio e emissoras de rádio e TV de todo o Brasil começaram a entrar em contato”, diz começaram. 

Projetos

Por ora, Laudecir e Laudenir estão montando o repertório, recheado de músicas do pai e do tio e outros ícones do sertanejo de raiz, para shows e um álbum. Já foram recebidos vários convites, provenientes de diversos Estados, e as apresentações devem começar em breve. 

Negociações com gravadoras também estão em andamento, e podem pintar até inéditas. Ademar Braga, um dos compositores mais respeitados do gênero, ofereceu algumas letras para Laudecir e Laudenir. “A música sertaneja de raiz tem muito espaço. Nunca deixou de existir e de ser apreciada”, conclui Laudecir. Amigos semana que vem tem mais curiosidades e histórias da nossa música sertaneja, grande abraço.

ABAIXO OS VÍDEOS:
Laudecir e Laudenir - Prego Velho
 

Laudecir e Laudenir falam sobre Leôncio e Leonel



« voltar
Rádio online Ouvinte cadastre-se aqui Radio cadastre-se aqui

Copyright © 2013-2017 Clube do Caipirão todos os direitos reservados